O Festival


Sobre o FRICINE

 Pioneiro em seu gênero no Estado do Rio de Janeiro, desde 2006 o FriCine vem contribuindo objetivamente para o enriquecimento da educação, da cultura e da conscientização socioambiental em Nova Friburgo,  assim como para a produção e a difusãp audiovisual na refião serrana e centro-norte do Estado. Em suas 5 edições anteriores, o Festival ofereceu gratuitamente para a população a exibição de mais de 300 filmes, 22 palestras e debates, 13 oficinas, exposições de arte, educação e tecnologia; apressentações de teatro e mússica, lançamentos de livros e atividades na natureza. Os eventos contaram com expressiva participação da população e repercutiram através da mídia num universo de cerca de 4,5 milhões de pessoas.

O Festival foi criado em 2006, em Nova Friburgo, como mostra informativa internacional, com a denominação de Muri Cine Vídeo Ambiental, visando a divulgação de filmes, vídeos, idéias e ações que estimulem a percepção das platéia para o quanto ass questões ssocioambientais estão íntimamente ligadas às nossas vidas, e como elas são indissociáveis do nosso dia a dia. A criação do Festival teve também como objetivos promover os valores naturais, ecológicos, culturais e turísticos de Nova Friburgo e Mury, fazendo de toda a região um importante foco de referência e convergência para todos que lutam contra a degradação ecológica, e se preocupam com a construção urgente de um futuro mais equilibrado e suadável para nosso planeta Terra.  

Na sua 3ª edição, em 2008, o Festival mudou seu principal  eixo do bairro turístico de Mury para o centro de Nova Friburgo e, já como FRICINE, realizou uma competição nacional que reuniu 102 produções de 13 estados de todo o Brasil. 

A sua 4ª edição ocorreu em dezembro de 2010, com 3 mostras competitivas (Internacional - Regional e Ciência Socioambiental), para as quais se inscreveram 147 produções de 36 países de 5 continentes. A tragédia socioambiental que e abateu sobre Nova Friburgo e Região Serrana do Rio de Janeiro no início de 2011, seguida por problemas políticos da Prefeitura de Nova Friburgo, invibializaram o repasse, à produção do Festival, dos recursos de patrocínio que já haviam sido obtidos para a sua 5ª edição, programada para outubro daquele ano, e impediram a sua realização pelos 4 anoss seguintes.

Tendo como principal objetivo exibir os 53 filmes e vídeos que tinham ssido selecionados, dentre 180 produções de 34 paísses, para o Fesstival em 2011 (ano da tragédia clilmática), mas que até então não haviam sido exibidos, a 5ª edição do Festival pode finalmente ser realizada em outubro de 2015 com o apoio e parcerias da Energisa e da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho.  

O FRICINE 2015 apresentou no centro de Nova Friburgo e noutras localidades do município, uma rica e diversificada programação integrada por uma mostra competitiva internacional; uma mostra informativa, com produções nacionais recentemente premiadas em festivais internacionais; oficinas, painéis e debates; manifestações artísticas; e uma especialíssima homenagem ao cineasta Sílvio Tendler. Saiba mais como foram as edições anteriores do FRICINE, suas premiações, cartazes, vinhetas, videoclips, etc., visitando os álbuns de fotos do FRICINE no facebooK >  http://www.facebook.com/fricine/photos_albums

 

 

Caixa de texto

Sobre o FRICINE

 

Pioneiro em seu gênero no Estado do Rio de Janeiro, desde 2006 o FriCine vem contribuindo objetivamente para o enriquecimento da educação, da cultura e da conscientização  socioambiental de Nova Friburgo, assim como para a produção e a difusão audiovisual na região serrana e centro-norte do Estado. Em suas 5 edições anteriores, o Festival ofereceu gratuitamente para a população a exibição de mais de 300 filmes, 22 palestras e debates, 13 oficinas, exposições de arte, educação e tecnologia; apresentações de teatro e música, lançamentos de livros e atividades na natureza. Os eventos contaram com expressiva participação da população e repercutiram através da mídia num universo de cerca de 4,5 milhões de pessoas.

 

O Festival foi criado em 2006, em Nova Friburgo, como mostra informativa internacional, com a denominação de Muri Cine Vídeo Ambiental, visando a divulgação de filmes, vídeos, idéias e ações que estimulem a percepção das platéias para o quanto as questões socioambientais estão intimamente ligadas  às nossas vidas, e como elas são indissociáveis do nosso dia a dia.  A criação do Festival  teve também como objetivos promover o valores naturais, ecológicos, culturais e turísticos de Nova Friburgo e Mury, fazendo de ambos importantes focos de referência e convergência para todos os que lutam contra a degradação ecológica, e se preocupam com a construção urgente de um futuro mais equilibrado e saudável para nosso planeta Terra.

Na sua 3ª edição, em 2008, o festival mudou seu principal eixo do bairro turístico de Mury para o centro da cidade e, já como FRICINE, realizou uma competição nacional que reuniu 102 produções de 13 estados. 

A sua 4ª edição ocorreu em dezembro de 2010, com 3 mostras competitivas (Internacional – Regional e Ciência Socioambiental), para as quais se inscreveram 147 produções de 36 países de 5 continentes. 

A tragédia socioambiental que se abateu sobre Nova Friburgo e Região Serrana do Rio de Janeiro no início de 2011, seguida por problemas administrativos e políticos da Prefeitura de Nova Friburgo, inviabilizaram o repasse, à produção do Festival, dos recursos de patrocínio que já haviam sido obtidos para a sua 5ª edição, e impediram a sua realização pelos 4 anos seguintes. 

Tendo como principal objetivo exibir os 53 filmes e vídeos que tinham sido selecionados, dentre 180 produções de 34 países, para o Festival em 2011 (ano da tragédia climática), mas que até então não haviam sido exibidos, a 5ª edição do Festival pode finalmente ser realizada em outubro de 2015 com apoio e parcerias da Energisa e da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho. 

O FriCine 2015 apresentou no centro de Nova Friburgo e noutras localidades do município uma rica e diversificada programação integrada por uma mostra competitiva internacional; uma mostra informativa, com produções nacionais recentemente premiadas em festivais internacionais; oficinas; painéis e debates; manifestações artísticas; e uma especialíssima homenagem ao cineasta Sílvio Tendler.

 

Saiba mais sobre como foram as edições anteriores do FRICINE , suas premiações, oficinas, cartazes, vinhetas, videoclips , etc.,  visitando os álbuns de fotos do Festival no facebook  >  www.facebook/fricine .

 

 




Comments